Juiz manda advogado ir para o inferno em audiência trabalhista no ES

O juiz José Roberto Ferreira de Almada, da 12ª Vara do Trabalho de Vitória, no Espírito Santo, perdeu a calma durante uma audiência e bateu boca com um advogado. "Vai para o inferno", disse em dado momento da discussão.

A contenda aconteceu quando um acordo trabalhista estava sendo discutido. Diante da ausência da requerente, o julgador determinou o arquivamento do processo.

Segundo o advogado, o juiz já havia insinuado que o valor do acordo era muito alto. "Eu não estou entendendo de onde vocês estão tirando R$ 5 mil de acordo. O que está acontecendo nesse processo? Eu estou estranhando, hein."

O magistrado então questionou se a reclamante estava presente e quando foi informado que ela ainda iria entrar na audiência decidiu arquivar o processo. O advogado então afirmou, ironicamente, que o caminho seria anular o processo. Então o julgador respondeu: "Ah, vai anular onde o doutor quiser, vai pro inferno."

O caso foi levado à Corregedoria do Tribunal do Trabalho da 17ª Região.

0000345-96.2021.5.17.0012

Por Conjur - conjur.com.br

20/08/2021

Veja vídeo:


#Publicidade